Na França, Museu do Louvre amanhece fechado por greve contra reforma da Previdência

Franceses nas ruas, em protesto! Protagonizado por trabalhadores da cultura, busca chamar atenção de turistas para o movimento grevista

O maior museu de arte do mundo, o Louvre, amanheceu fechado nesta sexta-feira (17) pelo movimento grevista francês, em greve desde o dia 5 de dezembro em protesto contra a reforma da Previdência do governo de Emmanuel Macron.

A manutenção da idade mínima de aposentadoria, um recuo anunciado pelo governo no início desta semana, é considerada insuficiente pelo movimento, que critica itens como a possibilidade de capitalização e privatização da previdência, entre outros.

Após o ato desta quinta (16), que reuniu 250 mil pessoas em Paris e foi considerado um pouco menor que os cinco atos anteriores, o movimento decidiu chamar atenção do mundo fechando a entrada do museu para turistas. Não há, segundo as lideranças, previsão de abertura do museu nesta manhã.

Reportagem do site Brasil de Fato. Clique no link abaixo, para ler a matéria na íntegra.

https://www.brasildefato.com.br/2020/01/17/museu-do-louvre-amanhece-fechado-por-greve-contra-reforma-da-previdencia/