Em 2018, os três maiores bancos privados do país lucraram, juntos, 59,7 bilhões

Os bancos privados faturam tanto em períodos de crise como em épocas de crescimento econômico. Este tradicional argumento do movimento sindical bancário foi comprovado pela divulgação dos lucros dos três maiores bancos privados do país em 2018. Num ano em que diversos setores da economia reclamaram de grandes quedas em seus resultados, Itaú, Bradesco e Santander somaram R$ 59,7 bilhões, um crescimento médio de 10,8% nos doze meses, e rentabilidade entre 19% e 21,9%.

Esta matéria está disponível no site do Sindicato dos Bancários do Ceará. Clique no link abaixo para conferir a reportagem completa.

http://www.bancariosce.org.br/noticias_detalhes.php?cod_noticia=21908&cod_secao=1