Orégano

oreganoOriganum vulgare, também conhecido como manjerona silvestre e oregão, o orégano é um condimento aromático, muito utilizado na cozinha europeia e que possui propriedades medicinais.

O Orégano, uma herbácea que cresce em tufos rastejantes de 40 a 6O cm de comprimento, é um ingrediente comum em pratos espanhóis, mexicanos e também no Brasil, na gastronomia, seu uso é bastante popular no preparo de pizzas e molhos de tomate. Possui grande utilização como digestivo e estimulante circulatório; mas também é usado em perfumaria, especialmente como essência para sabonetes e óleos. Suas qualidades antissépticas e medicinais são conhecidas desde a antiguidade, as tentativas de caracterizar a química destas propriedades no laboratório datam do início do século 20.

A parte da planta utilizada são suas folhas frescas ou secas que possuem propriedades sedativa, antiespasmódica, béquica, carminativa e antirreumáticas. Ou seja, combate a tosse, as doenças do pulmão, as dores musculares; afecções estomacais: indigestão, gases, cólicas, enjoo; cefaleias e queixas nervosas; afecções respiratórias, dores articulares e musculares; dor de dente. Ainda é indicado como repelente de formigas; antibacteriana, fungicida, antioxidante e como agente estrogênico, quer dizer que ele reduz as dores menstruais e diminui todos os sintomas da Tensão Pré-menstrual, a famosa TPM.

Modo de usar: Infusão de uma colher de sopa em uma xícara de chá de água. Tomar 2 a 3 xícaras ao dia. Como condimento deve ser usado ao gosto de cada um; como aromatizante, pode ser usado em armários e gavetas para perfumar e repelir insetos.

FONTE: http://www.plantasquecuram.com.br/